Helena Maria era, sem dúvida, uma mocinha prendada. Tanto que a família atrapalhou o mais que pôde seu noivado com Paulo Henrique, o pretendente, pois não queria entregá-la ao primeiro picareta que aparecesse. Não só apareceu como foi entregue… Mas isso não vem ao caso. O que interessa é que o rapaz, de origem humilde (até demais) trabalhava no setor de micro-comércio internacional de fronteira. Mas segundo as más línguas, Paulo Henrique defendia um trocado com o contrabando, tendo, inclusive, várias passagens pela Polícia Federal… Mas isso não vem ao caso.

Casaram na igreja, de véu e grinalda (somente a noiva), não tendo Paulo Henrique economizado nos preparativos da festa, pois quem estava pagando era o pai da noiva… Mas isso não vem ao caso. Tendo feito a descortesia de engravidar a moça nos primeiros quinze minutos da lua-de-mel, logo nasceu o fruto (no caso abacaxi) de um casamento engendrado sob os auspícios da desconfiança. Não que Maria Helena desconhecesse o passado do cônjuge, mas casou acreditando que só o amor constrói e que Paulo Henrique se arrependeria antes do Dia do Juízo Final… Mas isso não vem ao caso, posto que Paulo Henrique não se arrependeu e, além disso, envolveu Maria Helena em suas lambanças. Certa feita, por exemplo, a polícia fez uma visita de cortesia, convidada que fora por uma denúncia anônima.

Paulo Henrique afirmou, na ocasião, estar guardando centenas de óculos raibã, canetas, DVDs de vídeo pornô e relógios para distribuir entre os parentes no Natal. Só não conseguiu explicar o que três cordões de ouro estavam fazendo, escondidos, dentro da fralda de seu filho. E o fato de que o Natal ainda estava muito longe.

Atualmente Paulo Henrique espera, no xilindró da delegacia, por uma vaga no presídio, onde passará os próximos cinco anos num SPA de segurança máxima. Maria Helena, por sua vez, desdobra-se em casa, fazendo o papel de pai e mãe na criação do filho. A experiência mostra-se muito proveitosa para a dedicada mãe que, para sustentar o pimpolho, batalha em um show de travestis representando perfeitamente o papel de uma mulher.

Mas isso não vem ao caso.

Anúncios